AGENDA

SESSÃO ORDINÁRIA: 29/11 - 17H

SESSÃO ITINERANTE - CRISTALINA: 01/12 - 18H30

imprensa

17/03/2010

Dejair Machado enaltece iniciativa da classe empresarial

Dejair Machado manifestou-se na tribuna para enaltecer a iniciativa da classe empresarial em relação ao aumento do IPTU. “Nessas duas últimas semanas, vimos uma movimentação grande no sentido de sensibilizar o Executivo em relação ao aumento do IPTU. Vimos que algumas reuniões foram feitas e observamos que a classe empresarial, talvez muito mais do que o próprio Executivo e até o Legislativo, tem uma preocupação procedente, em função do impacto que isso pode trazer, inclusive na economia do Município. Se nós formos observar, metade da arrecadação do Município é de receita proveniente do ICMS, de produtos que são vendidos no nosso Município.

Vejam que o empresário, na realidade, tem uma participação enorme na administração do Município. Se não fosse o empresário, o investidor, o empreendedor, a cidade não seria a nona economia estadual. Estamos acima de 284 municípios, somos o quinto município que gasta mais energia elétrica e o segundo em Santa Catarina, com maior frota de veículos automotores. A cidade de Brusque hoje, no cenário não só estadual como nacional, é uma cidade de expressão muito grande, muito forte”, salientou.

O legislador destacou que quando as classes empresariais começam a sentir essa preocupação, promover reuniões, tentar sensibilizar o prefeito, buscando uma solução, é porque realmente a preocupação é procedente. “Erros foram cometidos e a Câmara também é responsável, por isso temos que de alguma forma procurar reverter esse processo. A classe empresarial tem que ser ouvida sim e a sensibilidade que os empresários estão tendo deve ser enaltecida. A preocupação não é apenas em relação aos tributos que eles terão que pagar, mas também com a parte social, pois sabem que quando se aumenta o tributo, acaba-se carregando o consumidor de uma forma tal, que o consumo passa a ser menor e consequentemente a arrecadação do Município vai ser menor”, descreveu Dejair, sugerindo ainda o envio de Moção de Congratulações às entidades representativas da classe empresarial pela iniciativa diante do assunto.

 

Áudio Relacionado

  • Arquivo temporariamente indisponível

Nenhum tópico relacionado para este conteúdo;

veja também