AGENDA

AUDIÊNCIA PÚBLICA - Políticas públicas para o Esporte : 05/06 - 18H

SESSÃO ORDINÁRIA: 06/06 - 17H

imprensa

24/03/2023

Requerimento

Reparos de pavimentação feitos por empresa de gás estão precários, denuncia Rezini

Destaque

O Requerimento nº 59/2023 apresentado pelo vereador André Rezini (Republicanos) na sessão ordinária desta terça-feira, 21 de março, solicita que a Prefeitura reforce a fiscalização dos serviços de manutenção e melhorias da rede de gás da cidade, que estão sendo executados pela empresa SCGÁS. Para acessar áreas subterrâneas, a pavimentação asfáltica fica danificada e a empresa não estaria executando os reparos de forma adequada nas vias.

Os problemas foram relatados ao vereador por munícipes da rua Hercílio Luz, no Centro, e das ruas General Osório e Frederico Petruski, no bairro Guarani. “Os buracos causados à pavimentação estão sendo preenchidos de forma precária com lajotas, o que faz com que a pista se torne perigosa e intransitável, causando danos diversos aos veículos, bem como riscos de quedas aos motociclistas e demais acidentes”, diz o pedido.

“Não dá pra fazer aqueles remendos com lajotas”

Na tribuna, o parlamentar alertou que os serviços nestes locais também estão afetando o andamento do trânsito na cidade. “Com essa obra no Guarani, a situação ficou desesperadora na questão dos buracos, que não estão sendo fechados da forma como deveria. Procurei a Secretaria de Obras e também as informações da empresa e eles falaram que vão fazer os reparos quando acabar a obra na sua totalidade”, reportou. “Fica difícil, pois é uma obra de alguns meses. Sabemos que precisa ser feita essa reformulação da tubulação e melhorias, mas não tem como eles deixarem esses buracos, um areião que já causou vários acidentes, furando pneus, fazendo motos cair. Daqui a pouco pode acontecer até um acidente trágico”, alertou.

Rezini propôs que o poder público se mobilize, por meio das secretarias municipais de Obras e de Trânsito e da Câmara Municipal para reunião com a empresa SCGÁS em busca de soluções que minimizem os problemas até a conclusão das obras. “A empresa vem abrindo [a pavimentação] para fazer as melhorias e levar o gás às indústrias e às empresas, e nós sabemos que isso tem que ser feito. Mas em contrapartida, não dá pra abrir e fazer aqueles remendos com lajotas, deixar assim e só melhorar no final da obra. Isso vai levar alguns meses. Pedimos uma atitude mais enérgica, mais ágil”, registrou o vereador.

    Nenhum tópico relacionado para este conteúdo;

    veja também