AGENDA

SESSÃO ORDINÁRIA: 07/02 - 17H

imprensa

23/11/2022

Pronunciamento

Jean Pirola parabeniza manifestações próximas ao TG: “Guerreiros que estão na linha de frente”

Destaque

Em fala na tribuna durante a sessão ordinária desta terça-feira, 22 de novembro, o vereador Jean Pirola (PP) parabenizou manifestantes que protestam em diversas cidades do país onde há instituições das forças armadas, desde os resultados do 2° turno das eleições gerais: “Guerreiros que estão na linha de frente”, definiu.

“Quero dar os parabéns a todos aqueles que estão desde o dia 30 [de outubro] em frente do Tiro de Guerra [de Brusque] sob sol, chuva, frio, calor e não arredam o pé daquele local enquanto não tiverem uma resposta definitiva sobre os acontecimentos no país”, declarou. Pirola citou a representação ajuizada pelo Partido Liberal (PL) junto ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE) que pede a verificação de cerca de 250 mil urnas utilizadas em 30 de outubro.

“Ou seja, 60% das urnas utilizadas nas últimas eleições. Onde existem inconsistências que foram apontadas e foi requerido que o TSE faça a verificação desses dados e dessas urnas”, explicou. “Esses 60%, que são de 2014, 2015 e 2016, que não foram auditadas, e que foram espalhadas pelo Brasil todo, não apenas num local, deram vitória ao ex-presidiário Lula por 52%, contra 47% de Bolsonaro, ou seja, algo de estranho tem”, levantou Pirola. “Por que só as auditáveis deram esse resultado e as não-auditáveis deram outro resultado completamente diferente?", indagou.

Para o vereador, basta que o TSE apresente as respostas à população brasileira. “Apresente aos manifestantes que realmente essa eleição foi limpa, justa, democrática, pois até o dia das eleições apenas um dos candidatos foi prejudicado, pela grande mídia, por uma saraivada de ações que derrubaram vários canais de comunicação, que bloquearam várias pessoas, censuraram grande parte dos que o apoiavam”, confrontou.

“O mais engraçado é que 15 minutos depois de protocolar essa ação com milhares de páginas, o presidente do TSE já deu uma resposta, rápido e rasteiro”, disse Pirola sobre o despacho do ministro Alexandre de Moraes para que também entrassem na análise de possíveis irregularidades as urnas do 1° turno.

O vereador Ivan Martins (Republicanos) disse, em aparte, que essa indignação é da grande maioria da população brasileira e que as vigílias como a que ocorre em frente o TG 05-005 são “uma demonstração de patriotismo, cobrando justiça do TSE”.

Por fim, Pirola se posicionou contrário à sugestão proposta em uma reunião entre entidades e o governo municipal, realizada nesta terça-feira, 22, de que as manifestações fossem transferidas para o Pavilhão da Fenarreco. O vereador rebateu a acusação de que os protestos estariam atrasando o trânsito e linhas de ônibus que passam nas proximidades do TG e disse que a circulação está normal: “Eu passo 4 vezes por dia ali e o máximo que perdi até hoje foi 1 ou 2 minutos”. 

    Nenhum tópico relacionado para este conteúdo;

    veja também