AGENDA

SESSÃO ORDINÁRIA: 07/02 - 17H

imprensa

18/11/2022

Pronunciamento

Marlina busca propiciar a presença da comunidade escolar em audiência pública do Plano Municipal de Educação

Destaque

A vereadora Marlina Oliveira (PT) sugeriu durante a sessão ordinária desta quinta-feira, 17 de novembro, que seja alterado o horário marcado para a realização da audiência pública de avaliação do Plano Municipal de Educação, agendada para as 8h30 da terça-feira, 22 de novembro, a fim de oportunizar a participação, no evento, de professores, pais, alunos, entidades da área e a comunidade escolar em geral. O pedido, dirigido ao prefeito Ari Vequi (MDB), foi formalizado por meio da Indicação nº 341/2022. “A gente precisa assegurar que haja participação, e uma forma é fazer num horário em que as pessoas consigam assistir”, argumentou.

Desenvolvimento Social

Em seguida, a parlamentar questionou por que os agendamentos relativos aos serviços prestados pela Secretaria Municipal de Desenvolvimento Social ainda dependem da mediação de um servidor público, via aplicativo de mensagens, em vez de serem feitos de maneira totalmente eletrônica - foco do Pedido de Informação nº 179/2022, de sua autoria. “Precisamos avançar e melhorar os processos. Informatizar seria um caminho. Se a população está demorando cerca de dois meses para conseguir agendar um atendimento, esse método não está funcionando”.

Marlina ponderou, ainda, se a quantidade atual de atendentes é suficiente frente à demanda. “Existem medidas que podem ser tomadas para qualificar o agendamento e o atendimento, para que a população seja atendida com eficiência e para que os servidores não sejam sobrecarregados”.

Líder de governo na Câmara, Nik Angelo Imhof (MDB) disse que propôs em requerimento a participação do vice-prefeito Gilmar Doerner (Republicanos) e da secretária Fabiana Demétrio em sessão ordinária do Legislativo, para que ambos discorram sobre pautas pertinentes à pasta. A expectativa dele é de que isso se concretize na próxima plenária.

Por fim, a vereadora destacou que a Política Nacional de Assistência Social é prioridade para a equipe de transição do governo federal. “Como diz o presidente Lula, precisamos inserir as pessoas mais necessitadas no orçamento da União, e o nosso papel, aqui no município, é informar à população de que essas medidas, na esfera federal, já estão sendo tomadas, e que nós queremos resultados aqui em Brusque também”. 

    Nenhum tópico relacionado para este conteúdo;

    veja também