AGENDA

SESSÃO ORDINÁRIA : 28/06 - 18H

imprensa

13/04/2022

Pronunciamento

“Uma baderna”, diz Nik Imhof sobre manifestações de apoiadores de Marlina em sessão na Câmara

Destaque

Ao se pronunciar na sessão ordinária desta terça-feira, 12 de abril, o vereador Nik Imhof (MDB) parabenizou a atuação do presidente da casa legislativa, Alessandro Simas (PP), na condução dos trabalhos a respeito das manifestações de apoiadores da vereadora Marlina Oliveira (PT) na sessão de 29 de março.

Imhof apresentou na tribuna uma matéria veiculada no jornal O Município intitulada “Manifestantes em apoio à Marlina na Câmara vieram de fora de Brusque” e complementou: “A gente presenciou realmente uma baderna, uma bagunça”. Ele esclareceu, porém, que a conduta da vereadora foi respeitosa, ao pedir para que eles parassem de se manifestar.

“A gente vê claramente como os petistas se movimentam e se organizam”, disse. “A gente viu nessa casa uma agressão à ordem da Câmara de Vereadores de Brusque e não foi a população brusquense que veio aqui pedir democracia, veio gente de fora. (...) Vir aqui fazer bagunça, berrar, ameaçar vereadores, será que isso é democracia? É respeito? ”, indagou Nik.

“A gente vê que não é o cidadão comum, de bem, que trabalha no dia a dia. Não, são pessoas organizadas. É claramente a turma do MST [Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra], da CUT [Central Única dos Trabalhadores], todos eles aqui querendo fazer baderna, pressionar vereadores, fazer berreiro”, narrou. Ele apresentou um vídeo que mostra manifestantes entoando o nome do ex-presidente Lula. “É uma hipocrisia”, criticou. “Vieram pra Brusque apenas para exaltar o nome do ex-presidiário”.

Em aparte, Jean Pirola (PP) apoiou a crítica: “Viraram de costas para os vereadores. Isso mostra o respeito que eles têm pelos Poderes, pelas pessoas, pela liberdade, pela democracia daqueles que pensam diferentes deles”. Rick Zanata (Patriota) acrescentou que a ação “foi um verdadeiro circo”.

“Parece mais uma dor de cotovelo do que qualquer coisa”, respondeu Marlina, também em aparte. Sobre os comentários de que os apoiadores vieram de fora da cidade, a vereadora sugeriu xenofobia e relembrou a atuação política de Pirola a cidades da Bahia.

Imhof, por sua vez, rebateu que teve oportunidade de acompanhar Jean em uma das visitas ao estado nordestino. “Ali, sim, tem uma verdadeira reforma agrária. Visitamos assentamentos de pessoas que precisavam e ali eles realmente produzem, (...) diferentemente dessa turma que só quer baderna”, concluiu.

    Nenhum tópico relacionado para este conteúdo;

    veja também