AGENDA

SESSÃO ORDINÁRIA : 24/05 - 18H

imprensa

08/12/2021

Pronunciamento

“Brusque não pode também ajudar a AMA a se manter?”, cobra Juliana da Silva

Destaque

Durante a sessão ordinária desta terça-feira, 7 de dezembro, a vereadora Juliana da Silva (Republicanos) discorreu sobre a história da Associação de Pais, Profissionais e Amigos dos Autistas de Brusque e Região (AMA), desde a criação oficial da entidade, em 2013, por iniciativa da médica neuropediatra Dra. Cristina Maria Pozzi, e a eleição da primeira presidente, Giselle Zambiazzi, até ações atuais da AMA, como o atendimento psicológico a crianças e adolescentes e a disseminação de informações sobre o transtorno do espectro autista (TEA). “É um trabalho de muita luta e dedicação”, afirmou a parlamentar.

Juliana destacou que a AMA é reconhecida como uma instituição de utilidade pública e está apta a receber recursos financeiros oriundos, por exemplo, de emendas parlamentares. A vereadora lembrou que um convênio firmado entre a entidade e a Uniasselvi possibilitou a fundação, em 2020, da Clínica Multidisciplinar AMA Brusque. “Hoje, ela é uma clínica, só que precisa de recursos para se manter”, enfatizou.

Neste ano, um repasse providenciado pela Prefeitura de Guabiruba deve garantir as despesas de um ano do aluguel da nova sede da entidade, nas proximidades do hospital Imigrantes, disse a vereadora. “Aí, eu pergunto para meus colegas vereadores: Brusque não pode também ajudar a AMA a se manter? Faço um pedido para que juntos possamos ir até o Executivo e pedir que olhem com outros olhos para a AMA, pois é fantástico o trabalho feito ali”, ressaltou.

Conforme a apresentação de Juliana, ao longo dos anos a AMA tem proporcionado a pessoas autistas atividades como capoeira, natação e culinária, além de outras, com o emprego de cavalos, com viés terapêutico. Futuramente, acrescentou a republicana, a associação planeja contar com grupos de apoio a famílias, terapias para crianças, fazer o levantamento de dados da população autista, abrir grupos para adolescentes e adultos, oferecer atividades de teatro, coral, artes marciais e outras, bem como ampliar o trabalho de conscientização sobre o autismo.

Em apartes, manifestaram-se os vereadores André Vechi (DC), Marlina Oliveira Schiessl (PT) e Ivan Martins (DEM), todos de forma a complementar e apoiar as colocações de Juliana. Em seu pronunciamento, a vereadora registrou ainda a presença da presidente eleita da AMA Brusque, Márcia Faria, à sessão ordinária. 

    Nenhum tópico relacionado para este conteúdo;

    veja também