AGENDA

SESSÃO ORDINÁRIA : 26/10 - 18H

SESSÃO ESPECIAL - DIA DOS PROFESSORES: 28/10 - 19H

imprensa

16/09/2021

Privatização

Vereadores apresentam requerimentos motivados pela possibilidade de pedágios na Rodovia Antônio Heil

Destaque

Parlamentares discutiram e aprovaram, durante a sessão ordinária desta terça-feira, 14 de setembro, requerimentos motivados após a circulação de notícias que abordaram a possibilidade de instalação de pedágios na Rodovia Antônio Heil (SC - 486).

Proposto pelo vereador Nik Imhof (MDB), o Requerimento nº 118/2021, pede ao governador Carlos Moisés (sem partido) o envio de documentos, planos e outras informações que justifiquem a decisão. “É um absurdo o que está acontecendo. Uma obra finalizada, pronta, entregue para a comunidade e agora o Poder Executivo do estado querer fazer um pedágio”, criticou.

Imhof também solicitou previsões de valores de tarifas e de montantes a serem arrecadados. “O requerimento é para que ele [o governador Carlos Moisés] nos demonstre o objetivo do pedágio”, enfatizou.

Por sua vez, o vereador Alessandro Simas (DEM) pediu que a Câmara Municipal de Brusque promova uma Audiência Pública para debater a hipótese. No texto, Simas registrou que a informação foi divulgada pelo secretário executivo de Parcerias Público Privadas de Santa Catarina, Ramiro Zinder, ao mencionar que a rodovia poderia ser incluída no pacote de concessões para cobrança de pedágios. 

“É uma vergonha”, classificou Simas. “Uma rodovia que foi paga pelos cofres públicos através de financiamento internacional, ou seja, que está sendo paga pelo cidadão catarinense e brusquense”, complementou.

Ainda na reunião, a vereadora Marlina Oliveira (PT) apresentou a Moção nº 177/2021, também aprovada no plenário, manifestando ao governador “preocupação com oficiosos comentários que medem a temperatura popular” a respeito da possível privatização do trecho.

    Nenhum tópico relacionado para este conteúdo;

    veja também