AGENDA

SESSÃO ORDINÁRIA : 30/11 - 18H

AUDIÊNCIA PÚBLICA - REGULAMENTAÇÃO DO ART. 45 DO ESTATUTO DO MAGISTÉRIO PÚBLICO (REQUERIMENTO 122/2021): 01/12 - 17H45

imprensa

26/08/2021

Pronunciamento

Cacá Tavares cobra da Prefeitura a reconstrução de ponte que liga os bairros Guarani e Rio Branco

Destaque

Em pronunciamento na sessão ordinária desta terça-feira, 24 de agosto, o vereador Cassiano Tavares, o Cacá (Podemos) registrou cobrança ao Poder Executivo para a reconstrução de ponte que liga os bairros Guarani e Rio Branco. Ele frisou na tribuna que, com a queda da Ponte Prefeito Antônio Heil, também conhecida como “Ponte do Ivo Pinturas”, moradores do entorno e muitos comerciantes locais foram prejudicados com a dificuldade de acesso à região.  

“Vai para quase três meses e parece que é uma rua sem importância”, comentou Tavares, ao narrar cobranças frequentes à administração municipal sobre o assunto. O prefeito Ari Vequi (MDB) foi questionado por ele durante a reunião em que o chefe do Executivo apresentou aos vereadores detalhes do projeto “Brusque 2030”, em 9 de agosto. Segundo Cacá, Vequi teria informado na ocasião que o impasse ao andamento das obras seria a falta de uma assinatura proveniente do governo de Santa Catarina.

“Ari, se falta uma assinatura, acampe lá. Acampe no governador que recebeu bastante voto em Brusque”, manifestou o parlamentar. “Está na hora de falar ‘eu quero o dinheiro’, ou façam vocês, prefeito. Que a Prefeitura faça e depois vá atrás, não dá para ficar como está”, prosseguiu.

Após sugestão dada em aparte pelo vereador Nik Imhof (MDB) para que a Câmara envie um requerimento a respeito ao governador Carlos Moisés (sem partido), Cacá rebateu que “o prefeito tem o poder de ser prefeito e cobrar”. O parlamentar solicitou à administração que tenha sensibilidade quanto a prejuízos já causados aos comerciantes após a queda da ponte: “Essa atitude passiva do nosso Executivo em relação ao Executivo estadual tem que mudar”, grifou.

Segundo o vereador, o prazo inicial informado pela Secretaria Municipal de Infraestrutura Estratégica para entrega da nova ponte foi dezembro deste ano, com provável prorrogação para janeiro de 2022. “É triste passar ali todo dia e ver que nada está sendo feito. Janeiro já está virando fevereiro e daqui a pouco vira março”, sugeriu. 

    Nenhum tópico relacionado para este conteúdo;

    veja também