AGENDA

SESSÃO ORDINÁRIA : 18/05 - 18H

imprensa

18/02/2021

Pronunciamento

Cacá Tavares enaltece obra de artista plástico e o potencial transformador da arte e da cultura para a sociedade

Destaque

O vereador Cassiano Tavares, o Cacá (Podemos) ocupou a tribuna da Câmara Municipal durante a sessão ordinária desta terça-feira, 16 de fevereiro, para elogiar a criação de autoria do artista plástico Lucas Nowalls em uma das paredes externas do edifício da Fundação Cultural de Brusque (FCB), na Praça da Cidadania. No local, Lucas grafitou um mural de mais de 20 metros quadrados intitulado "Sopro de Vida". O projeto foi contemplado com recursos da Lei de Emergência Cultural Aldir Blanc (Lei Federal 14.017/2020) no município.

“Esse grafite foi inspirado na pandemia, nesse momento de incertezas que todos nós ainda estamos vivendo. O Lucas pegou a foto do filho de um amigo que ele ainda não teve a chance de conhecer pessoalmente, devido à pandemia, e fez essa criança soprando vida, literalmente”, relatou Cacá ao exibir registros fotográficos da obra no telão do plenário.

“A arte, muitas vezes, infelizmente é considerada algo menor por muita gente. Dificilmente alguém vê briga política para assumir o setor cultural. Mas a arte é muito importante, transforma vidas, está presente. Quando vi essa obra pronta, fiquei muito tocado. A arte é muito difícil de ser medida, mensurada. Cada pessoa a sente de uma maneira diferente”, complementou o parlamentar.

Lei Aldir Blanc

Durante seu pronunciamento, Cacá lembrou que o compositor e cronista Aldir Blanc – homenageado através da legislação - foi uma das vítimas do novo coronavírus (Covid-19) no Brasil. Por meio da lei, observou, R$ 899,4 mil reais foram destinados a Brusque e alocados em mais de 60 projetos culturais aprovados na seleção aberta pelo Edital 004/2020 da FCB. O vereador também destacou o trabalho do servidor público Igor Balbinot, diretor da FCB, que esteve à frente da gestão desse processo no município.

“Ao longo de 2021, vamos ver muitos desses projetos prontos. Faço questão de sempre vir exaltar as boas coisas no plenário. No que depender de mim, elas ganharão eco na Câmara de Vereadores. Elas precisam ser divulgadas para trazer boas energias e a arte sempre me trouxe boas energias. A arte e a cultura transformam vidas. É nisso em que acredito”, concluiu o orador. 

    Nenhum tópico relacionado para este conteúdo;

    veja também