AGENDA

Sessão ordinária: 27/02/2020 - 17H

imprensa

06/02/2020

Pronunciamento

“Se for pra Câmara ser democrática, que todos possam fazer suas articulações”, defende Marcos Deichmann

Destaque

Durante a sessão ordinária desta terça-feira, 4 de fevereiro, o vereador Marcos Deichmann (PATRI) falou sobre acontecimentos que sucederam as renúncias de José Zancanaro (PSB) e de Ivan Martins (PSD) da presidência e da vice-presidência da Câmara Municipal, em 17 de dezembro. Naquele dia, Gerson Luís Morelli, o Keka (PSB), 1º secretário na mesa diretora, assumiu como presidente, mas, ao contrário do que aguardava a base de apoio ao governo, não convocou para aquela mesma data a eleição para os cargos vagos. Isso fez com que vereadores da situação o acusassem de descumprir acordo assumido anteriormente.

“Foi colocado na rádio, chamando o vereador Gerson [Keka] de mau caráter, que o grupo de oposição estaria fazendo maracutaia com ele [...], mas também foi surpresa pra gente quando o Keka disse que marcaria as eleições só para 4 de fevereiro”, afirmou Deichmann, referindo-se a uma entrevista concedida por Ivan Martins (PSD), que viria a ser eleito presidente da casa legislativa após o fim da reunião.

O patriota acrescentou que o grupo de oposição não tinha conhecimento de que Zancanaro e Martins renunciariam: “Ninguém sabia. Isso estava combinado entre o grupo [de situação]. Se for pra Câmara ser democrática, que se dê tempo para que todos possam conversar e fazer suas articulações”, defendeu. “E se nunca viram troca de cargos [os comissionados, nomeados sem concurso público] fazer parte da negociação [política], desculpem-me, mas estou aqui há três anos e já vi isso muitas vezes”, salientou.

IPTU

O vereador orientou a população a procurar o setor de tributação da Prefeitura caso identifique irregularidades na cobrança do IPTU 2020. Segundo ele, alguns erros estariam ocorrendo devido ao trabalho de geoprocessamento que vem sendo executado no município.

Pesquisa da Educação

Ele também reforçou o convite aos servidores da área para que participem da pesquisa elaborada pela Comissão Especial de Educação da Câmara, que visa traçar um diagnóstico do sistema municipal de ensino. 

Assista ao pronunciamento de Marcos Deichmann na íntegra:

    Nenhum tópico relacionado para este conteúdo;

    veja também