AGENDA

Sessão ordinária: 27/02/2020 - 17H

imprensa

05/02/2020

Pronunciamento

“Primeira vez que vi um presidente atacar veementemente os vereadores”, diz Jean Pirola sobre Keka Morelli

Destaque

Durante a sessão ordinária desta terça-feira, 4 de fevereiro, o vereador Jean Pirola (PP) se manifestou sobre os acontecimentos da última reunião plenária de 2019, quando Gerson Luís Morelli, o Keka (PSB), assumiu a presidência da Câmara Municipal de Brusque após as renúncias do então presidente José Zancanaro (PSB) e do vice-presidente Ivan Martins (PSD). Naquele momento, ao não convocar imediatamente a eleição para os cargos vagos, Keka frustrou as expectativas dos parlamentares que fazem parte base de apoio ao governo, que o acusaram de descumprir acordo assumido anteriormente com o grupo.

“Ocorreram algumas situações que não perfazem o perfil de uma casa legislativa séria e que deveria, no mínimo, manter os princípios de cordialidade. Ficamos muito entristecidos com esses fatos, posteriormente externados à grande mídia, e por este vereador [Keka] ter sido citado como dono da verdade, dono da palavra, e não é assim”, afirmou.

Pirola também teceu comentários referentes à coletiva de imprensa concedida por Keka após o ocorrido: “Ele [Keka] citou algumas palavras pesadas contra um grupo de vereadores que democraticamente se reúnem, discutem e decidem assuntos relacionados ao município”.

Na sequência, o orador criticou Keka por ter usado, na entrevista, frases como “não concordo com arranjos e negociatas em prol de interesses pessoais e partidários” e “não vou fazer parte disso, não consigo engolir essas tramoias”.

“Não fizemos negociatas, arranjos, tramoias. Se naquele dia eu estivesse em Brusque, com certeza rebateria essas palavras, duras e pesadas, [ditas] por quem deveria representar a casa legislativa e garantir, principalmente, a integridade moral dos vereadores”, argumentou Pirola. “Foi a primeira vez que vi um presidente - ou pseudopresidente, que está na função por uma renúncia do presidente e do vice - atacar veementemente os vereadores”.

Assista ao pronunciamento de Jean Pirola na íntegra: 

    Nenhum tópico relacionado para este conteúdo;

    veja também