AGENDA

SESSÃO ORDINÁRIA (online, via aplicativo): 09/06 - 17H

imprensa

18/11/2019

Pronunciamento

André Rezini reprova abordagem da imprensa a respeito de ações do governo Bolsonaro

Na sessão ordinária da última terça-feira, 12 de novembro, o vereador André Rezini (Cidadania) demonstrou reprovação à cobertura jornalística de veículos de comunicação, em especial da TV Globo, direcionadas às ações do presidente da república, Jair Bolsonaro (PSL).

“Nós temos que ter consciência que este novo governo está há apenas dez meses no cenário Brasil”, pontuou. Ele defendeu o desempenho apresentado até o momento pelo chefe do Executivo nacional: “Quem está envolvido na política sabe que demora um pouco até acertar as coisas, com a troca de secretários e ministros. Até colocar o seu plano para a execução demora”.

Em aparte, o vereador Jean Pirola (PP) manifestou apoio ao orador: “A forma como estão atacando, envolvendo o Bolsonaro na morte da Marielle [Franco], agora a culpa é dele”, rechaçou, ao se referir à vereadora carioca assassinada no Rio de Janeiro, em março de 2017. Pirola ainda afirmou que a imprensa não concede espaço de resposta ao presidente.

Para Rezini, as críticas são importantes na vida de um agente político, porém, o parlamentar pontuou que no caso da esfera federal, atualmente há excesso: “O que mais nos deixa triste é que estamos nos mesmo barco. É importante a oposição, a política é isso. O que não dá é mostrar apenas as coisas ruins”, criticou.

“Não é só apontar o dedo. Tem que trazer as coisas boas, sugestões, novidades, informações corretas", ressaltou. Em sua avaliação, o posicionamento da imprensa dividiu a população do país e que "a Rede Globo parece estar lutando para que dê errado”. Para o vereador, a imprensa foca apenas nas ações negativas do atual governo: “Nós vemos que ele vem fazendo um trabalho positivo, transparente, em conjunto com as pessoas que querem realmente fortalecer o país”, frisou. 

    Nenhum tópico relacionado para este conteúdo;

    veja também