AGENDA

COLETIVA DE IMPRENSA - COMISSÃO ESPECIAL DE EDUCAÇÃO: 21/11 - 16H

SESSÃO ORDINÁRIA: 26/11 - 17H

imprensa

03/10/2019

Pronunciamento

​“Brusque é uma cidade hospitaleira, que recebe de braços abertos todos que vêm para trabalhar”, defende Ivan Martins

Destaque

Ao abrir seu pronunciamento na sessão ordinária desta terça-feira, 1º de outubro, o vereador Ivan Martins (PSD) discordou que a população brusquense discrimine imigrantes e refugiados ou tenham preconceito dessas pessoas vindas do exterior, como sugeriu Gerson Luís Morelli, o Keka (PSB), que o antecedeu na tribuna.

“Acredito que vossa excelência esteja enganado”, disse ele a Keka. “Claro que tem pessoas que discriminam, mas não é a maioria, não é verdade. Brusque é uma cidade hospitaleira, que recebe de braços abertos todos que vêm para trabalhar, fixar residência, criar raízes”, prosseguiu. “Mas malandro Brusque não aceita, assim como qualquer cidade”, sentenciou.

Para defender seu ponto de vista, o parlamentar lembrou do reconhecimento que anualmente o Poder Legislativo presta a cidadãos oriundos de outras localidades, com a concessão de títulos de “Cidadão Honorário”. Em geral, essas pessoas são reverenciadas pelos resultados alcançados a partir de suas atividades profissionais e ações voluntárias em prol da coletividade.

“Não sou brusquense, moro em Brusque há 25 anos e fui muito bem recebido e acolhido nessa cidade. Claro que encontramos algumas dificuldades no início, mas o cidadão de bem, independentemente de cor, raça, tamanho, religião, sexo, é muito bem recepcionado pelo empresário, o setor político e o setor público do município. Se assim não fosse, a nossa cidade não teria 60% de migrantes e 40% de pessoas nascidas aqui”, opinou em aparte Jean Pirola (PP).

Imigrantes com SC Saúde

Num segundo momento, Martins parabenizou o governo do estado de Santa Catarina por ter credenciado o hospital Imigrantes ao plano SC Saúde, concedido a servidores públicos estaduais. A instituição passou a atender pelo plano no mês de agosto.

Em maio deste ano, o vereador formalizou uma solicitação de credenciamento do Imigrantes e também do hospital Dom Joaquim ao SC Saúde, por meio da Indicação 120/2019. O pedido, aprovado pelo plenário, foi encaminhado pela Câmara Municipal à Secretaria de Estado da Administração, para o secretário Jorge Eduardo Tasca.

“Naquela oportunidade, fizemos um levantamento e vimos que mais de duas mil pessoas precisavam se deslocar de Brusque para serem atendidas pelo SC Saúde, porque a grande maioria das casas de saúde do nosso município não atendiam por este plano”, recordou.

“Brusque merece muito mais do que isso, mas, no mínimo, isso. Tem que ser olhada com muito carinho. Já cansamos de dizer que nossa cidade está entre as dez maiores potências econômicas do estado. Não podemos, de forma alguma, ficar fora das vistas do governador”.

    Nenhum tópico relacionado para este conteúdo;

    veja também