AGENDA

COLETIVA DE IMPRENSA - COMISSÃO ESPECIAL DE EDUCAÇÃO: 21/11 - 16H

SESSÃO ORDINÁRIA: 26/11 - 17H

imprensa

29/08/2019

Pronunciamento

​Tuta Duarte discute custos para asfaltamento da Rua Leônidas de Oliveira Padilha

Destaque

Em pronunciamento na sessão ordinária desta terça-feira, 27 de agosto, o vereador Claudemir Duarte, o Tuta (PT), fez declarações a respeito de recursos para asfaltamento da Rua Leônidas Padilha de Oliveira, no bairro Dom Joaquim. Tuta iniciou sua fala relembrando que ele havia pleiteado uma verba parlamentar junto a “uma pessoa que foi eleita com votos de Brusque”, a quem cobrou, sem sucesso, recursos para a referida obra.

O vereador afirmou que, há cerca de dois anos, recebeu o apoio do então deputado federal, Décio Lima. “Ele deu uma contribuição para nossa cidade de R$ 250 mil reais, que é dinheiro do povo. A gente fez esse encaminhamento para a rua Leônidas Padilha”, disse. Tuta relatou que moradores teriam procurado a administração municipal para ver o andamento do projeto, já que a situação vinha se arrastando e impondo dificuldades aos munícipes da região. Segundo o orador, na semana passada, em conversas com representantes do Poder Executivo, na busca de informações, ele teve acesso à planilha de custos do projeto.

O parlamentar afirmou que, em um primeiro momento, foi informado aos moradores que a rua não seria contemplada com o recurso, pois os custos ultrapassariam R$ 1 mi. O vereador disse que procurou novamente os representantes do Executivo, pediu que a tabela de custos fosse reavaliada e estes informaram que seriam executados 330m da rua, de um total de cerca de 650m.

“Esse recurso estava lá há mais de dois anos. Várias empresas poderiam estar executando, a mão de obra girando na nossa cidade”, pontuou. O vereador apresentou na tribuna, um levantamento feito por ele, com informações sobre a custos médios de licitações de asfalto para efeito de comparação.

“Vão fazer 300m a R$ 127/m e os outros 340m vão pagar R$ 36/m”, questionou. “A Prefeitura vai gastar mais de R$ 500 mil na outra parte, com contrapartida para complementar?”, indagou Tuta. Por fim, o orador pediu que a questão seja prioridade na administração municipal e que que a conclusão do projeto seja o mais célere possível. 

    Nenhum tópico relacionado para este conteúdo;

    veja também