AGENDA

SESSÃO ORDINÁRIA: 17/09 - 17H

MULHER, O QUE TE PRENDE? - SEGUNDO ENCONTRO: 19/09 - 19H

LICITAÇÃO - PREGÃO 01/2019: 27/09 - 14H

imprensa

07/06/2019

Pronunciamento

​Ivan Martins propõe instalação de semáforo no Santa Rita e alerta para a insegurança no trânsito

Destaque

Ao abrir seu pronunciamento na sessão ordinária desta terça-feira, 4 de junho, o vereador Ivan Martins (PSD) destacou a Indicação 122/2019, de sua autoria. Na proposição, ele sugere “a realização de estudos técnicos objetivando a instalação de um semáforo na Rua Sete de Setembro, entroncamento com as Ruas Marechal Floriano e Quintino Bocaiuva, no bairro Santa Rita” e registra “o trânsito intenso naquela região, tanto na artéria principal como nas secundárias, dificultando aos motoristas a realização de manobras seguras”.

Nesse contexto, o parlamentar também discorreu sobre o comportamento geral do trânsito brusquense. O município, que possui em torno de 135 mil habitantes, lembrou, já tem mais de 100 mil veículos automotores. “Estamos sentindo, no dia a dia, que está cada vez mais difícil transitar pela cidade se você não tiver paciência, calma, e aturar alguns desaforos”, afirmou.

Paulinho Sestrem (Patriota), em aparte, parabenizou o orador pela abordagem do assunto e disse que é preciso cobrar do Poder Executivo uma nova licitação para o transporte público de massa - e não poluente. Ele defende a implantação de um sistema de qualidade, que abranja ciclovias onde possível for: “Para que a gente possa trabalhar o meio ambiente junto com a qualidade de vida”, argumentou.

Martins observou que as faixas de pedestres são inseguras, pois os veículos não reduzem a velocidade ao se aproximarem das mesmas, desrespeitando a sinalização. “Por isso é que optamos pela travessia elevada nas solicitações encaminhadas ao Executivo, porque estas obrigam o motorista a diminuir a velocidade”, justificou. “Ele sabe que se ultrapassar a travessia elevada [em alta velocidade], vai quebrar seu veículo”.

Em Itajaí, desde o acesso à BR-101, acrescentou, constam placas de limite de velocidade, radares fixos e lombadas eletrônicas, todos sinalizados: “Lá, o cidadão sabe que se ultrapassar o limite de velocidade será multado. Por isso é que fomos contra a implantação do radar móvel em Brusque na legislatura passada”.

Jean Pirola (PP), em aparte, disse que continua sendo contra o radar móvel, “que extorque o cidadão de bem” e elogiou Martins pela Indicação 122/2019, relativa ao trânsito do Santa Rita, temática que também ele abordou na tribuna em outra oportunidade. “Temos convicção de que um semáforo não vai resolver definitivamente, isso é quase impossível, mas vai amenizar de forma significativa os problemas naquela região”, respondeu Martins. 

    Nenhum tópico relacionado para este conteúdo;

    veja também