AGENDA

FACULTATIVO : 18/04 - PONTO

PAIXÃO DE CRISTO: 19/04 - FERIADO

SESSÃO ORDINÁRIA: 23/04 - 17H

imprensa

13/12/2018

Pronunciamento

​“O espaço é do poder público e deve ser usado pela comunidade”, afirma Zancanaro sobre a Arena Multiuso

Destaque

Em pronunciamento durante a sessão ordinária desta terça-feira, 11, o vereador José Zancanaro (PSB) deu continuidade ao debate sobre a utilização de espaços na Arena Multiuso, iniciado por André Rezini (PPS) devido a um pedido de informações de Sebastião Lima, o Dr. Lima (PSDB), que questionava a cessão de imóvel municipal ao Brusque Futebol Clube.

“Tem coisas mais importantes. É fácil ver o que funciona lá, por exemplo, o espaço pedagógico informatizado, que dá manutenção a todos os computadores da rede municipal, além das entidades esportivas, o Ibprev [Instituto Brusquense de Previdência] e outros. A Arena, que é patrimônio municipal, também é sede da Educação de Jovens e Adultos e tem outras finalidades”, elencou. “O espaço é do poder público e deve ser usado pela comunidade”.

O vereador Gerson Luís Morelli, o Keka (PSB), defendeu em aparte que a Arena seja utilizada prioritariamente por instituições esportivas: “Várias modalidades, como o xadrez e o tênis de mesa, não têm sede própria para treinar. Enquanto isso, há outras entidades lá dentro e quem paga a conta, não tenho certeza, mas acho que é o Esporte. Sou contra isso”.

De acordo com Zancanaro, a energia elétrica da Arena e a remuneração de servidores da Fundação Municipal de Esportes (FME) “sempre foram bancadas pela Educação”, porque a dotação orçamentária da FME não teria como arcar com essas despesas. “Os recursos são parcos, é por isso que as coisas não funcionaram a contento este ano. A Educação não bancou mais porque o Ministério Público ficou em cima, dizendo que era desvio de função”, disse.

“A Educação dava suporte à FME e não pôde mais fazer isso. O professor [de Educação Física] estava fazendo escolinha e recebendo para dar aulas às crianças, mas isso foi considerado desvio de função. No Fórum, está cheio de funcionário da Prefeitura trabalhando, só que daí não é desvio de função”, criticou o líder do governo, Alessandro Simas (PSD).

Paulinho Sestrem (PRP), por sua vez, propôs que o uso da Arena gere arrecadação, de forma que tais recursos sejam investidos na manutenção do próprio empreendimento. Também em aparte, Rezini emendou que a ideia já vem sendo analisada no âmbito da FME e frisou: “O Poder Executivo, além do espaço, deveria disponibilizar professores para as escolinhas de vôlei, basquete, futebol, profissional, amador, de base, para incentivar”.

Disputa pela presidência

Por fim, Zancanaro falou sobre a eleição da nova mesa diretora da Câmara, marcada para o dia 18: “Em 1982, estava tudo acertado para eu ser presidente, mas não aconteceu. O regime democrático é assim, ou haveria um único candidato sempre. O sucesso do Legislativo depende de todos os vereadores. Quem se eleger terá essa responsabilidade e os demais têm de colaborar. A oposição ao governo, antes, era da maioria, hoje, é da minoria, porque houve mudanças de entendimento, outros agrupamentos e outras afinidades”, concluiu. 

    Nenhum tópico relacionado para este conteúdo;

    veja também