AGENDA

SESSÃO ORDINÁRIA: 18/12 - 17H

imprensa

08/03/2018

Pronunciamento

Pirola agradece à Prefeitura por serviços executados no São Luiz

Destaque

Ao abrir seu pronunciamento durante a sessão ordinária da terça-feira, 6, o vereador Jean Pirola (PP) usou a tribuna para discordar do vereador Paulinho Sestrem (PRP), que na mesma reunião teceu críticas ao governo municipal por ter sido ultrapassado o limite legal de gastos com a folha de pagamento, além de sugerir a demissão de 100 servidores contratados em cargos comissionados (de livre nomeação e exoneração).

“Tivemos uma audiência pública [de prestação de contas] na Câmara e apenas eu compareci. Esses números apresentados [por Sestrem] têm maquiagem. Se [os demais vereadores] estivessem aqui, poderiam verificar que não é o que foi colocado. Eu não concordo. Acho muito importante o vereador fiscalizar, mas é preciso apresentar números verdadeiros”, afirmou Pirola, que tinha em mãos o relatório apresentado pelo Executivo na audiência pública de avaliação das metas fiscais do 3º quadrimestre de 2017, realizada dia 28 de fevereiro.

PAC São Luiz

Em seguida, o vereador discorreu sobre uma reunião realizada junto à comunidade do bairro São Luiz, com a presença de representantes do setor de Obras da Prefeitura, o vice-prefeito Ari Vequi e vereadores: “A comunidade participou maciçamente, cobrou e o Executivo se comprometeu com várias situações”, disse.

No telão do plenário, Pirola exibiu imagens do “antes e depois” do serviço de desassoreamento de uma vala localizada na rua Otto Heckert e agradeceu à Secretaria de Obras pelo trabalho executado. “O bairro São Luiz sofre muito, e há muito tempo, com qualquer enxurrada. [...] Como disse uma moradora: se o céu fica escuro, a comunidade já fica preocupada. Se chover um pouco mais forte, a água vai entrar nas casas”, salientou.

Sob o ponto de vista de José Zancanaro (PSB), que se manifestou em aparte, as obras do PAC não foram bem conduzidas e acabaram por agravar os alagamentos no bairro São Luiz.

Antes de finalizar, Pirola ainda criticou a qualidade do enrocamento feito nas proximidades da capela Cristo Rei durante o governo de Paulo Eccel (PT). “A Secretaria de Obras terá agora de retirar as pedras de pelo menos um dos lados e construir uma parede reta, para que água tenha a mesma vazão da rua São Pedro”. 

    Nenhum tópico relacionado para este conteúdo;

    veja também