AGENDA

SESSÃO ORDINÁRIA : 28/06 - 18H

imprensa

16/12/2008

Paulina registra balanço das atividades legislativas no segundo semestre de 2008

A vereadora Paulina Coelho Härle que preside a Mesa Diretora da Câmara desde o dia 1º de julho de 2008 após renúncia do edil Ivan Martins, usou a tribuna na sessão ordinária desta terça-feira, 16, para apresentar uma síntese das atividades legislativas realizadas nos últimos seis meses. "Assumi com a missão de cumprir os seis meses do mandato regulamentar. Diante da falta de tempo para desenvolvermos um plano de ação legislativa mais efetivo em termos de resultados, nos limitamos ao básico, garantindo as atividades de rotina. No decorrer desse período recebemos 445 correspondências de órgãos da administração municipal, estadual, federal e de entidades de classe e da sociedade civil. Apreciamos 48 Indicações, quatro Requerimentos, 13 Moções, três Pedidos de Informações, sete Projetos de Decretos Legislativos, oito Projetos de Lei Complementar, 70 Projetos de Lei Ordinária e sete Projetos de Resolução. Viabilizamos a realização de Reuniões Solenes Públicas, para celebrarmos os 125 anos de fundação da Câmara e homenagearmos pessoas com a Cidadania Honorária. Da mesma forma, oportunizamos, na forma da Lei, as Audiências para apreciação do Plano Diretor como as de avaliação das Metas Fiscais. E em decorrência dessa demanda de trabalho, encaminhamos 478 expedientes, para os mais diversos signatários, como documento oficial das tratativas legais", descreveu a vereadora.

Paulina considerou que seu mandato na Presidência foi marcado pelos quatros meses do período eleitoral, quando as atenções são direcionadas a campanha, esvaziando as atividades dos vereadores em Plenário. "Após o período eleitoral, ainda naquele clima de alegria dos eleitos e tristezas dos não eleitos, fomos, num espaço de sete dias, atingidos pelo furor das águas que atingiram a sociedade civil e provocaram muitos prejuízos na infra-estrutura básica do Município. Não temos clima para comemorar. O momento é de reflexão e de solidariedade. Precisamos lembrar que as pessoas atingidas pelas águas, não se recuperam com aquele auxílio imediato de pão e água. Na continuidade o Estado precisa oferecer condições de reintegração. Este é o maior de todos os desafios para um aparelho estatal que tem como principal característica a ineficiência e a corrupção", observou.

Paulina também aproveitou a oportunidade para formalizar suas despedidas após enfrentar três eleições vitoriosas e cumprir iguais mandatos ininterruptos. "Aqui cheguei em janeiro de 1997. Estou saindo contabilizando 12 anos completos de intensa convivência com entes públicos, agentes políticos e com um número incontável de pessoas que me franquearam a amizade, afeição e confiança eleitoral. A experiência foi valiosa. Ampliei imensamente minha rede de amizades e contatos, antes limitada ao balcão do meu ambiente familiar de trabalho. Conheci palmo a palmo do espaço territorial e social de Brusque. Defrontei-me com problemas crônicos e complexos, cujas vítimas, quase sempre, são os cidadãos comuns, consumidores e contribuintes. Fiz o que pude. Sempre votei e procurei decidir pelo bom senso. Mas, em muitas ocasiões, me senti impotente diante de complexas situações.

Ser prefeita foi um agrado do bloco partidário do qual faço parte. Recebi o mimo com alegria e satisfação, mas dos dias em que estive a frente da Prefeitura, ficou a nítida sensação de que não é mais possível governar na base do 'olhômetro', de que o planejamento criterioso e responsável é uma necessidade urgente, para produzirmos obras e serviços prioritários e eficientes. Não quero dar conselhos, mas gostaria de lembrar que as instituições sociais vivas e ativas, comprometidas com o aprimoramento da qualidade de vida dos brusquenses, devem participar mais da vida pública", salientou a presidente, destacando ainda que sai da Câmara como entrou, "com as mãos limpas. Respeitei literalmente o conselho de meu pai, para nunca me envolver com operações ilícitas ou práticas atentatórias a moral e aos bons costumes. Encaminho meus agradecimentos aos brusquenses a quem devo a representação recebida. Faço uma pausa na vida pública, por isso não digo adeus, mas até logo".

 

Atividades Legislativas (Julho - Dezembro/2008)

Correspondências recebidas      445

Expedientes enviados              478

Indicações                               48

Requerimentos                          4

Moções                                    13

Pedidos de Informações              3

Projetos de Decretos Legislativos  7

Projetos de Lei Complementar      8

Projetos de Lei Ordinária            70

Projetos de Resolução                 7

    Nenhum tópico relacionado para este conteúdo;

    veja também