AGENDA

SESSÃO ORDINÁRIA: 21/08 - 17H

imprensa

08/08/2018

Pronunciamento

Simas destaca ações comemorativas aos 158 anos de Brusque

Destaque

Em pronunciamento durante a sessão ordinária desta terça-feira, 7, o vereador Alessandro Simas (PSD), líder do governo na Câmara Municipal, falou sobre as ações promovidas pela Prefeitura de Brusque para comemorar o aniversário do município, que completou 158 anos no último sábado, 4. Nesta data, destacou o parlamentar, o desfile cívico na avenida Cônsul Carlos Renaux reuniu milhares de pessoas. No mesmo dia, uma cuca gigante foi cortada e distribuída nas dependências do Serviço Social do Comércio (SESC).

Outras atividades alusivas à data foram o Encontro da Melhor Idade no Pavilhão Maria Celina Vidotto Imhof, dia 31, a inauguração do novo albergue e Centro de Referência Especializado para Pessoas em Situação de Rua (Centro Pop), dia 1º, a entrega da ponte do Rio Branco, denominada José Germano Schaefer - Seu Pilolo, dia 3, e da nova Unidade Básica de Saúde (UBS) do Centro, dia 2.

Simas ressaltou também a inauguração, na praça Sesquicentenário, do memorial que homenageia soldados pracinhas que lutaram ao lado dos países Aliados durante a Segunda Guerra Mundial, no dia 2, e a realização do 1º Fórum da Transparência e Gestão Compartilhada, no auditório da Paróquia São Luís Gonzaga, dia 1º, bem como a entrega de obras de recapeamento da Primeiro de Maio e de revitalização da rua Nova Trento, dia 30.

Orçamento 2019

O vereador observou que, em 2019, a Prefeitura deve aplicar 63,3% do orçamento municipal nas áreas de Saúde, Educação e Obras. As prioridades orçamentárias para o próximo ano, frisou, estiveram no foco da audiência pública realizada por meio das secretarias de Governo e Gestão Estratégica, e Orçamento e Finanças, no Salão Nobre da Prefeitura, dia 27 de julho.

Outras ações

Simas citou ainda a renovação do convênio entre a Prefeitura e o Lar Sagrada Família, para o acolhimento de crianças de 0 a 12 anos que tiveram direitos violados; o Ciclo de Formação da Rede Municipal de Ensino, viabilizado por meio da Escola Superior de Administração Pública (ESAP); a palestra sobre prevenção de acidentes proferida a servidores da Secretaria de Obras; ações organizadas pela Fundação Cultural e outras iniciativas.

Por fim, anunciou um projeto de lei de sua autoria que visa alterar a Lei Complementar nº 139/2008, que institui o Código de Posturas Sustentáveis de Brusque. “A lei atual exige que a pessoa apresente o alvará sanitário, que pode chegar até a R$ 300, e o alvará do Corpo de Bombeiros, mesmo que não exerça atividade profissional em seu domicílio fiscal. É muito caro para quem tem um trabalho quase informal, que auxilia no sustento de sua família. A ideia é mudar essa situação”, explicou.

    Nenhum tópico relacionado para este conteúdo;

    veja também