AGENDA

SESSÃO ORDINÁRIA: 08/05 - 17H

imprensa

13/12/2017

Pronunciamento

​Pirola destaca a criação da Ouvidoria e as reformas que visam garantir acessibilidade à Câmara

Destaque

Em pronunciamento durante a sessão ordinária desta terça-feira, 12 de dezembro, o vereador Jean Pirola (PP) destacou a criação da Ouvidoria da Câmara Municipal de Brusque, instituída pela Lei Municipal nº 4092/2017, e a nomeação de Silvana Machado, servidora efetiva da casa legislativa, como ouvidora do órgão.

O parlamentar explicou que a Ouvidoria disponibiliza três formas de atendimento: pessoalmente, na sede do Poder Legislativo brusquense; pelo telefone - (47) 3044-4003; e também por meio do e-OUV, sistema de ouvidoria online desenvolvido pela Controladoria Geral da União (CGU). A ferramenta pode ser acessada por meio do site www.camarabrusque.sc.gov.br e permite à população encaminhar sugestões, críticas, reclamações, elogios e quaisquer outras mensagens à Câmara. 

Pirola lembrou que a Câmara de Brusque foi a segunda do país a adotar o e-OUV, fator que para ele reflete pioneirismo e dinâmica. “É isso que se espera, que a população possa participar da vida, do dia a dia dos vereadores, da Câmara de Vereadores, para que realmente a gente possa também, cada vez mais, estar contato com a sociedade”, disse o vereador.

Em aparte, Leonardo Schmitz (DEM) frisou que a iniciativa aproximará ainda mais a população do poder Legislativo: “O munícipe agora está tendo a oportunidade de ter voz e vez na Câmara”. Também em aparte, o vereador Sebastião Lima, o Dr. Lima (PSDB), enalteceu as inovações pelas quais vem passando a casa legislativa: “As nossas obrigações e responsabilidades são com todos os cidadãos e são muito maiores do que nós mesmos”.

Ao finalizar, Pirola observou que a Câmara se encontra em reformas com o intuito de garantir mais acessibilidade à casa legislativa: “Hoje temos as rampas e o elevador, que tanto nos foi cobrado. Agora, estamos em obras e amanhã (13) vai começar também a adaptação do banheiro para cadeirantes, a fim e que a Câmara tenha 100% de acessibilidade”, ressaltou.

    Nenhum tópico relacionado para este conteúdo;

    veja também